segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Gufalão VII

O meu ser imaginário tem duas cabeças.
O corpo é grande e cheio de espinhos.
As patas são grandes e têm calos.
A cauda dele é tipo uma seta e ele é molengão.
As orelhas são pequeninas e redondinhas em forma de vulcão.
O meu ser imaginário é um monstro e vive numa ilha.
Quando eu preciso de ajuda, ele escava um buraco na ilha e vem ter comigo, para me ajudar.
Ele assusta as pessoas que eu não gosto.
Tem dois olhos que deitam chamas e as pessoas fogem dele.
Depois disso, ele volta para a ilha pelo buraco que desaparece, para ninguém ir atrás dele.
O meu ser imaginário chama-se Tigre.
Rodrigo - 2º ano

Desenhado pela Lúcia do 4º ano

1 comentário:

  1. O tigre ficou muito bonito e a cauda também.
    Joaõ Pedro.

    ResponderEliminar